quarta-feira, fevereiro 07, 2007

Eu, pecadora me confesso...

Hoje abandonei a minha alma...
Mandei-a para fora de mim...
Introduzi uma mão no peito,
Arranquei-a mesmo sem jeito,
E arremessei-a ao acaso
Para que n me magoe assim...

Dela... o lugar ficou vazio,
Meu corpo cheio de frio...
E eu n sei respirar...

Hesito... Quero...
E não quero...
Não sei se a hei-de ir buscar...

Mas se paro para pensar...
As dúvidas são nenhumas:
Se de novo a trago... ela dói,
Se a largo... dói-lhe o lugar...

E como vou eu sonhar?...

Anda cá, minha doce alma...
Seca a lágrima que cai...
Não te mando mais embora...
Dou-te o meu peito
E um calmo embalar...

A dor?... Essa eu suporto...
Porque o que eu n aguento
É a dor do pensamento
De te ter ousado arrancar
De mim...

Foi pecado... eu sei!
Cris...(Sem distância!)

18 comentários:

Anónimo disse...

Senhora,
Não porque fui encaminhado à sua página. Mas, o fato é que tive o privilégio de ler sua poesia.
Não tenho palavras para expressar sua beleza.
Louvo a Deus por ter concedido à você tanta sensibilidade e força de expressão com "verbo".
Não se minha mensagem será lida, mas quero registrar minha grande admiração, daqui do Brasil, do coração da Floresta Amazônica, de Manaus.
Meus cumprimentos
jrcardoso@vivax.com.br

Cris disse...

A sua mensagem já foi lida e eu agradeço muito as suas palavras!
Um beijinho

carlos a.a. disse...

Cris,
Já tinha saudades da tua poesia!
Obrigado.

Anónimo disse...

Olá,
Antes de aceder ao seu perfil imaginei que fosse aires, se me perguntar porquê eu lhe direi, pela profundidade das suas palavras, pela beleza, pela escuridão brilhante e pela capacidade de por em palavras o que por vezes só conseguimos pensar.
um bem aja

Anónimo disse...

Amei seu poema* =D

Paula e Rui Lima disse...

Olá!

Se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

Paula e Rui Lima

Cat disse...

Lindo demais para não comentar!! Não devo ter direito à intromissão, mas já há largos meses que visito o teu blog... E só me cabe dar-te os parabéns!! A força das tuas palavras é admirável. Muito Obrigada pelo turbilhão de emoções que sinto quando leio os teus textos, muito obrigada por partilhares connosco o teu Dom. Bem Haja

Cat disse...

...Só agora reparei que escreveste este maravilhoso poema no meu dia de anos! Tal e qual como me senti nesse dia...que Viagem! Mais uma vez Obrigada!

Cris disse...

Carlos, sou eu q te agradeço a tua vinda aqui... é bom ter-te por cá!

Beijinho

Cris disse...

Meu amigo anónimo... realmente n estranho as suas palavras... efecticamente sou áries tanto de signo como de ascendente :)

Um bem haja para si tb.
beijinho

Cris disse...

Paula e Rui... irei concerteza!

beijinho aos dois

Cris disse...

cat,
Claro q tem direito... e n o considere uma intromissão pq este espaço é meu e de todos qtos gostam de aqui vir!
Fico muito feliz por saber q há quem cá venha e goste de ler o q por aqui deixo!

beijinho

Ps. Parabéns, ainda q atrasados, e o desejo de q a vida lhe sorria sempre!

ConchitaMachado disse...

Cris,
Também adorei teus poemas!
Estarei aqui oportunamente.

Beijinho

Amaral disse...

Que encanto de poesia!
A tua alma, Cris, és tu mesma!
Não vais abandoná-la nunca, porque é ela a "ser" nesta vida que experiencias.
Mas a poetisa é única, quando a sua musa comunga os seus sentimentos e estes se soltam em palavras e versos cheios de vida...

amita I disse...

Como acabei de te dizer, é uma beleza a tua poesia. Sente-se a tua alma nas letras.
Um bjinho grande

Ni disse...

É muito confortante encontrar alguém tão perto do que sentimos... Este poema descreve um momento que se torna repetitivo na minha vida mas que o gosto de ter porque me torna intensa, verdadeira e conhecedora de mim...
Parabéns Cris... Sou sempre visita assídua neste cantinho e até hoje não me desiludi.

Beijinho grande*

Anónimo disse...

O seu poema é de uma beleza profunda. Tocou-me muito. Daqui de Portugal vão os meus sinceros parabéns.Gostava de saber o nome da música que acompanha o poema.
mario-c-sequeira@sapo.pt

*Rê Cris* disse...

Como disseram anteriormente,mto lindo para deixar de comentar... e mto profundo para conseguir reunir as palavras certas... impossível descrever meu sentimento sob o efeito de tuas palavras.
Obrigada!