sexta-feira, maio 26, 2006

habitando(-nos)...


Carved

Da transparência das palavras germina espontaneamente a alma de quem as escreve...

Habito-te

debaixo da minha pele

nela te encontro

porque é nela que estás

ainda

estás no perfume doce

das minhas pálpebras

a cada vez que as descerro

e te encontro

guardo as tuas mãos nas minhas

na força crispada em comunhão

e guardo em mim o momento

em que fomos grito

eu mar

tu vulcão



Cris, De um tempo sem tempo

21 comentários:

Amaral disse...

Aplaudo o teu regresso com a força dum poema belo e sensível. Foste grito, mar, vulcão… A fúria dum desejo que veio para ficar…

lobices disse...

...um beijinho e bom fds :)

BlueShell disse...

Um texto precioso!
Grata pelas palavras
Jinhos azuis de uma concha
AZUL_0o0o0o0o0o0o0o0

Alexandre Sousa disse...

Aguardo uma visita lá no pedaço

Mitsou disse...

Vim deliciar-me. Já tinha saudades.

Um beijinho muito doce, amiga!

lisa disse...

Gostei do teu blog.
Voltarei.

Beijo aluado.

Margarida V disse...

já tinha saudades, andaste desaparecida.

Dark Angel disse...

simplesmente lindo...

veneziana disse...

Habito-te, desde o primeiro instante, te toquei!!
Desde esse momento, moras,
debaixo da minha pele
E lá ficarás, eternamente!
nela te encontro,
encontrando-me!
Porque é nela que estás
porque nunca haverá espaço ao "nunca"!
Sinto que ainda
estás no perfume doce
no olhar velado
das minhas pálpebras
e que lá permaneces,
a cada vez que as descerro
e te encontro.
E choro!

No tacto necessário, urgente,
guardo as tuas mãos nas minhas
dedos entrecruzados, fundidos,
na força crispada em comunhão
alegremente!

E guardo em mim o momento,
a cada segundo,anunciado,
em que fomos grito,
e aguardo de novo,
O instante,
da fusão!

Eu o mar,
tu vulcão.
E de nós, Paixão,
Lava, chama!

Um modesto contributo da Veneziana, contadora de histórias!

Cris disse...

Obridaga, amaral!

São palavras como as suas que me fazem permanecer, embora agora não tão assiduamente pois a Srºa Ministra teima em não deixar...

beijinho grande!

Cris disse...

Lobices,

Um beijinho também para ti... imenso!

Cris disse...

Blueshell,
sempre as tuas palavras docinhas... obrigada, amiga!

Beijinho enluarado!

Cris disse...

Alexandre,

Claro que já lá fui e tenho tratado de divulgar este teu primeiro rebento... que espero seja apenas o primeiro de entre muitos!

Beijinho doce

Cris disse...

Mitsou... tu é que és uma delícia!

beijinho doce

Cris disse...

Obrigada, lisa!

Gosto muito de te ter por aqui!

beijinho

Cris disse...

Margarida!

Também eu já tenho saudades de ter tempo para aqui vir escrever e para vos visitar a todos, mas tem sido tão difícil!

Um beijinho grande

Cris disse...

Dark Angel,

É sempre um prazer sentir-te por aqui...

Um beijo

Cris disse...

veneziana,

que surpresa agradável me deixaste aqui...
Volta sempre, amiga!

Vou conhecer o teu espaço assim q tiver um bocadinho...

beijinho

clownbymyself disse...

É bonita a tua " imagem " das mãos dadas de ser mar e vulcão...
Parabéns!!

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP ciales viagra levi tra effects Imitrex coupon discount Lexapro snorting wellbutrin Michigan unicare health insurance plan Philadelphia+interior+designer Monte carlo sweaters selling outlets bangalore Botox generic

Anónimo disse...

Keep up the good work http://www.aggrastat-zocor.info/Baseball_musings.html