terça-feira, outubro 31, 2006

velando...

a81.JPG


dormes...
e eu velo esse teu dormir
com a intensidade de quem sente as ondas do mar
no respirar dos teus sonhos

e por sobre os teus lábios nasço em rio
e em vagas de beijos crio marés de ternuras

e enlaço-te-me no restolho dos desejos
que me viajam nas veias
e norteiam as pontas dos meus dedos
agora tímidos e mansos e cansados...
...porque adormecidos nesses teus sonhos.

dormes...
mutilas assim em mim a ânsia
de ser o luar dessa tua noite mágica
em que me deito e descanso...

pudesse esta noite ser eterna
e nela depositar a fugacidade de um beijo
que te dou a cada pedaço de olhar
que os meus olhos te resgatam

pudesse esta noite ser o perpetuar
dos sorrisos que adivinho na leveza dos gestos
com que embalas este meu velar
dos teus sonhos vadios

fosse esta noite a última noite das noites
e eu nem o mais pequeno gesto faria
que agitasse esse teu sorriso ameno
que pressinto no teu rosto...

enquanto dormes...

Cris, reflexos de nós

14 comentários:

Lua disse...

Enquanto houverem noites Cris, haverão sonhos e com eles muitos sorrisos de luar.
Beijinhos e obrigada pela visita

Sheila disse...

adorei seu blog...
vou t adicionar no meu. quero vim t visitar mais vezes...
bjim

batista filho disse...

belo e terno poema: verdadeira canção de ninar.

Luna disse...

Numa visita breve, preenchida com gotas recém derramadas pela chuva da manhã...
Um abraço junto ao vento que passa e faz festa pelos meus castiçais.
Luna Guedes em visitas matinais

daniel_galaad disse...

Dás-te na filigrana da beleza e dos sentimentos que és e sentes. Os poemas são incríveis, parabéns e continua com o excelente trabalho.

Bruxinhachellot disse...

Em um sonho, a Lua sorriu para mim. Foi um sorriso doce e transmitiu-me serenidade.

Beijos de Sol.

simao disse...

... gosto muito do teu blog... sao palavras magicas que me tocam... continua a escrever assim...

*Rê Cris* disse...

Lindo blog... achei por acaso procurando uma imagem no google...lindíssimo. Avoé poesia! Visite meu blog (http://colerenata.blogspot.com) e comente tbm minhas poesias... não tão belas quanto as suas... Comente! Abraçosss

mares-e-maresias disse...

Um poema muito bonito. Gostei. Voltarei mais vezes.
Beijos

Raquel disse...

definitivamente é um poema lindo, e é tão vivo, sai voando pelo ar arrancando também um sorriso de quem lê, está de parabens...
muito bonito seu blog. =)

batista filho disse...

enquanto dormes (dormes?), passo e deixo um abraço fraterno.

Anónimo disse...

parabéns.
o seu blog está repleto de poemas lindos que tocam o coração de qualquer um.
queria salientar ainda o seu bom gosto para a música de fundo do blog. é do outro mundo. cria um ambiene perfeito para a leitura dos poemas.
tudo combinado para dar origem a um grande blog. continue...

cabinda6524 disse...

Um blog lindíssimo, com uma belíssima música de fundo.
Mas não era necessário esse ambiente, para que começemos a flutuar, logo que se entra. Flutuar não nas palavras mas nos sentires, esses fluidos que vagueiam escondidos na tua alma.
Só de facto uma pessoa bonita por dentro, é que pode juntar tão belas palavras e fazer delas um hino ao amor.

Cris disse...

Um beijo do tamanho da lua a todos vós...
Um beijo e um sorriso!