sexta-feira, março 16, 2007

Um poema por acabar...




Sou poema

de versos de rima branca

soltos no vento e na lembrança

de um qualquer poeta

de um qualquer lamento...


Sou metáfora

de pétalas de várias cores

sonho que vagueia no espaço

onde moram deuses e amores

sem tempo, sem hora, sem braços...


Pétalas de uma qualquer flor

onde apenas a cor sei ser amarela

e da cor que tu quiseres...



Sou canção

melodia de um coração

que bombeia luz e cor

a cada dia

na palidez do amanhecer

e na magia

do adormecer do sol...


Sou o nome que me quiseres dar

e sou apenas eu

nada mais...


Simplesmente um poema por acabar...



Cris ( Dos meus lábios nasce a noite)

19 comentários:

Solitária disse...

Lindo...
Por acabar ou talvez não, porque aqui já dizes tudo e já me encantaste com as tuas palavras!
Adorei este pedaço:
"Sou o nome que me quiseres dar
e sou apenas eu
nada mais..."
E é assim que deve ser, sermos apenas nós...
Beijão grande!!! Bom fim de semana
:)

Blueshell disse...

Enquanto a espera doer
E o coração bater…
Forte e descompassado…

Anónimo disse...

ola cris , cada vez que escreves , fico encantado , me corre uma lagrima no canto dos olhos , tens muita energia ,continua a nos dares alegria , gostei do teu comentario , mas estou so e um amor impossivel. luis

legivel disse...

completo o teu poema
com um beijo de amizade
que ela vale bem a pena
quando feita de verdade.



Gostei de te saber actuante, poetisa! e também não te esqueço.

Beijinhos meus e da cara-metade.

Amaral disse...

Sou poema, sou metáfora, sou canção, sou arco-iris nos céus e luz na pupila dum olhar...
Um poema por acabar... diz tudo o resto na energia que dele emana!... Por isso, sem fim, dissolve-se no universo de palavras e sons...

sotavento disse...

Que o fim não se desenha!... :)

anacanela disse...

...e por que a poesia é tudo...sou quase do tamanho do mar...que não acaba ...na ondulaçao ciclica..rima com os 5 sentidos...isso sou eu**
bonito poema ..coisas boas que deixa por começar...:)

Ni disse...

E o ser apenas "Eu" é tão difícil, que se torna por vezes um caminho atribulado...
O que somos, lá no fundo, contagia os outros; e não somos todos um poema por acabar?

Cada um que se encontra não connosco, mas em nós, acrescenta um verso, uma palavra que vai tentando completar, de maneira infinita, o nosso cerne...

Beijinho terno**

Doces Momentos disse...

adoro ler-te como sempre.
Deixo-te um beijito doce e dsejo uma Páscoa feliz minha amiga

Anónimo disse...

ola minha linda amiga poetisa te escrevo para te desejar uma boa pascoa junto da tua familia , quando nos comtemplas com novos poemas , um beijinho do luis

Amaral disse...

Mensagem curta porque, por enquanto, não tenho Net!
Uma Páscoa santa e feliz!
Uma chuva temperada de coisas boas para a tua vida!

mar disse...

Ès o que quizeres....... :)
Faz tempo quie aqui não vinha, um beijo grandeeeeeeeeee

mar (Teleri)

Miel disse...

¡Qué hermoso poema!!!!

Spells disse...

Acho que a própria vida é um poema por acabar... adorei este teu texto, lindo!
Ao que aprece Aveiro é a cidade dos poetas!

BEijinho e um sorriso, voltarei...

nc

Raquel disse...

que bom ler algo assim, é como se perceber nas suas palavras porque todos nós temos esta magia das palavras... sempre em construção...
muito lindo...

ribaygate disse...

muito bonito este seu blog.
os meus parabens..aqui neste espaco
sentimos muito amor........
este poema que estou a comentar
é lindissimo
um beijo
rui

amita I disse...

A leveza na delicada textura de um fino véu de palavras.
Muito, muito belo.
Um bjinho grande e um sereno Domingo


Para quando o próximo?

Cris disse...

Um beijo enorme a todos.

Plenitude disse...

Cirs,
olá, descobri teu blog meio por acaso, quando procurava uma foto para o meu. Queria te pedir autorização para usar tua foto incial, da lágrima, para ilustrar um post que denominei "Agua de Dentro".
Não bastasse isso, gostei do que li e vi aqui. Também por concidência temos a mesma idade.
Comecei a mexer com essa coisa de blog faz muito pouco tempo. Tenho muito a prender. Mas ler coisas bonitas e sensiveis como as que li aqui, é inspirador.
Forte Abraço.