terça-feira, maio 24, 2005

Deste-me o nascer do sol...


. Posted by HelloFotografia: Alfredo de Sousa Ventura

Um dia semeaste o nascer do sol na palma da minha mão e, sorrindo, disseste-me que o tinhas escolhido para me dar por ser o que de mais parecido encontraras com o meu sorriso. Nesse momento, inventei uma lágrima azul, e chorei-a, para ta poder dar... Não querias!... Pensavas que te entristeceria, mas eu lembrei-te que era apenas o que o que eu possuia de mais parecido com o mar!
E tu soubeste que era força e magia e amor o que eu te queria dar!
Depositaste, então, essa lágrima nos teus lábios e, fundindo nos meus olhos o teu olhar, pediste-me que te beijasse suavemente para que a pudesses guardar...

Desde então, a cada nascer do sol, sabem-te os teus lábios a sal... o sal de uma lágrima vestida de barco que não sabe naufragar! ...

Cris ( Dos meus lábios nasce a noite)

29 comentários:

TMara disse...

um amor sempre lembrado.Impossível esquecer assim. Bjs e ;)

Vera Cymbron disse...

Maravilhoso como sempre...e eu amei! Ainda bem que voltaste, já estava com saudades...tenho algumas coisas para te contar.
Pois é...o livro está quase pronto. Gostava tanto que o lesses, quem sabe um dia destes te encontro por aqui.
Jinhos

Anónimo disse...

Sabes que tenho um fascínio por madrugadas?...
Adorei a imagem e o que escreveste...doce,terno...de sabor e aroma que se adivinham...e fazê-lo assim.
lua

AS disse...

Essa lágrima Cris tem a imensidão do oceano em gotas de ternura...


Beijo

imaginário disse...

Como dizer-te do encanto deste teu post.? Como?!
Beijos

Amaral disse...

Uma lágrima a saber a sal é tão encantador como um belo por-do-sol. A magia das tuas palavras traz-nos uma ternura graciosa. Uma ternura, também, na palma da tua mão…

Mitsou disse...

Vou dormir melhor depois de te ler, minha querida. Obrigada pela beleza dos teus textos. Beijinho muito grande.

Reporter disse...

Tens momentos de escrita em que te ultrapassas. Faz parte de ti. Consegues fazer da beleza uma coisa quase banal.
Um beijo.

Salta Pocinhas disse...

Nem sei que te diga... Estou sem palavras. Quero que saibas que gosto muito de te ler, de sentir o que escreves. Todos os dias passo aqui para ver se nos brindaste novamente com doces palavras. A ti ergo o meu copo!
Beijinhos meus e da minha Lua pequenita
P.S. Já a viste no Raposices?

BlueShell disse...

Um texto que eu gostaria de ter escrito...
Grata pelo teu sorriso :))
BEIJO IMENSO,
BShell

on disse...

Ola Cris,
temos um novo haiku para traduzir no Prozacland. Desta vaez chegas a tempo.
Gostei do teu blog. Voltarei!

Pharaoh disse...

muito bonito chris, tenho passado e não tenho comentado, mas desta vez,,,não o pude evitar, que sentimento consegue escrever o encanto tão lindo que acabei de ler,,, estou simplesmente siderado, permite-me que volte,,, comprimentos pelo blog e beijinhos para ti

Mitsou disse...

Voltei para te deixar mais um beijinho e votos de um óptimo fim-de-semana :)

Menina_marota disse...

Lindo... e, essa lágrima com sabor a sal... que seja a última de mágoa, mas a primeira de mil alegrias.

Foi bom voltar da minha ausência forçada. Gostei de ler-te. Abraço terno ;-)

Margarida V disse...

olá

vim ver as novidades e adorei tudo.
gostava também de te fazer uma pergunta, ando já á algum tempo para pôr música no meu blog e já sei como se põe mas não encontro sites onde ir buscar os ficheiros mp3. podes-me dizer onde os encontro, obrigado desde já.
beijinhos e boa semana

Cris disse...

TMara,
Gosto muito de escrever sobre o amor, nas várias formas q ele assume... É um tema q nunca se esgota, basta senti-lo!

Beijinho

Cris disse...

Vera Cymbron,

Voltei sim, embora ainda n esteja a 100%, mas logo, logo vou estar :)
Tb eu adorava ler esse livro... eu vou tentar aparecer a horas decentes, ok?

Beijinho mt grande

Cris disse...

lua,

Pois eu tb tenho fascínio por amanheceres, por entardeceres e... pela Lua! Ehehehhehe

beijinho e volta sempre!

Cris disse...

Frog,

É uma lágrima de um amor intenso...
:)
Beijinho

Cris disse...

Imaginário,

Assim apenas... Eu senti o q me querias dizer!

Beijo grande

Cris disse...

Amaral,

Que bem me soube essa ternura e as tuas palavras...

Beijinho

Cris disse...

Mitsou,

Se é serenidade o q te fazem sentir, então era mesmo serenidade o q eu queria transmitir :)

Beijinho

Cris disse...

Reporter,

Tu sabes como eu gosto de escrever e de sentir o q escrevo... :)

Um beijo grande

Cris disse...

Salta Pocinhas,

Obrigada, minha querida. Eu já vi a tua lua e queria muito dizer-te como ela é linda, mas n consegui entrar nos teus comentários. Vou continuar a tentar!

Beijinho doce às duas

Cris disse...

Blueshell,

Um texto q tu ainda vais escrever. Acredita apenas com muita força!

Um beijinho doce

Cris disse...

On,

Já lá fui e traduzi... e mesmo q eu chegue atrasada já n falto! Adoro brincar com as palavras!

Beijinho

Cris disse...

Pharaóh,

Claro q podes voltar sempre e eu gosto muito de te ter por cá.

Quanto ao sentimento q me faz escrever assim, ele existe dentro de todos nós... só temos q lhe abrir a porta com um sorriso para q ele corra livre através dos nossos dedos... :)

Beijinho

Cris disse...

Menina-Marota,

Ainda bem q voltaste. Já tinha saudades tuas!
Mas vou ver-te, n tarda nada, no almoço :)

Beijinho grande

Cris disse...

Margarida do Vale,

Obrigada, amiga!
Olha, qt aos sites de Mp3, eu tenho encontrado mtos, mas só com bocadinhos de músicas. Esta música q eu aqui tenho e a do Sementes, foram copiadas de outros blogs. Eu sei q n se deve fazer assim, mas n sei fazer de outra forma. Amanhã mesmo eu vou tentar mandar-te algumas por mail, Ok?

Beijinho