terça-feira, maio 03, 2005

vejo tão mais assim...

f281115.jpg



Sento-me calmamente nos braços da noite... quieta, como quietos estão os ventos da madrugada...
Ao ouvido chegam-me apenas os murmurios do silêncio e a voz da esperança aquietada no tempo. Estou cega, por enquanto, que a meus olhos me nega a vida a luz, mas sei agora que a cegueira não atinge a alma nem os sentidos e que não limita a vontade...
Vejo tão mais assim...
Vejo-te tão mais em mim...
Tomei em meus braços a fé e embalo em mim o acreditar... n rezo... peço! Outro nome não poderia dar aos pedidos que a cada momento me atravessam a voz, ainda que calada me encontre... Peço, rogo, imploro e prometo até... porque estas são as ferramentas a que fui limitada...
Cumprirás as promessas comigo, de mãos dadas, no dia em que os meus olhos saírem da escuridão...
Nesse dia encheremos de pétalas brancas o regaço e entregá-las-emos num abraço ao sorriso que sempre nos amparou...
Ajoalharemos aos pés do mundo e sentiremos no apertar das mãos que valeu a pena acreditar!
Por enquanto resta a espera e o pedir... e o passar do tempo...

Cris (Sussurros fora do tempo)

18 comentários:

Javier Marti disse...

lovely images you have in your blog. Congratulations. Have a look at mine. take care. I put yours in my favorites

Cris disse...

Hi, ram

Thanks for your visit and your words.
The images I use here aren't mine. I generally take them from the site www.1000images.com
I choose them according to the theme I write about.

I also put your blog in my favourites. Come to mine whenever you want... you're welcome! :)

Kissing you...

bertus disse...

..."ao ouvido chegam-me apenas os murmúrios do silêncio e a voz da esperança...".
Gosto muito deste pedaço, que aposto foi escrito com alma e coração...e a esperança deve manter-se sempre bem viva, assim como que a modos de "fiel depositária doa nossos anseios e desejos.

Parabéns, beijos e intés!!

Alexandre Sousa disse...

Tentei...

Lúcia disse...

gosto do silêncio da noite e então se tiver luar ainda melhor.
lindas palavras

isa xana disse...

sinto-me relaxada depois de te ler... sabes aquelas melodias bem suaves que nos deixam calmos?as tuas palavras soaram-me assim;)

**

TMara disse...

Gostei :) K os pedidos te/vos sejam concedidos.Boom resto de semana-Bjs e ;)

Apenas, o cidadão disse...

texto muito ... muito explicito. na minha perspectiva a palavra chave do texto é a fé. a imagem mental do que queremos é o metodo.

AS disse...

"Ajoalharemos aos pés do mundo e sentiremos no apertar das mãos que valeu a pena acreditar"

( Permito-me sublinhar)

Sabes que senti emoção ao ler este texto?

Um beijo

Micas disse...

Gosto do silêncio que tem sempre tanto a dizer... Gosto deste espaço.

Cris disse...

Bertus,
A esperança nasceu comigo e nunca mais na vida me separei dela...

beijinho

Cris disse...

Alexandre,

eu sei... :)
beijinho

Cris disse...

Lima,

Aqui há sempre luar... sempre!
beijinho

Cris disse...

isa-xana,

Escrevo sempre ao som dessas melodias... é talvez por isso q acabam por ficar gravadas nas palavras...

beijinho

Cris disse...

TMara,

Tenho a certeza q sim... Obrigada, amiga!

beijinho

Cris disse...

apenas, o cidadão

É a fé, sim... tenha ela o nome q tiver move mundos e mantém firme a esperança...

beijinho

Cris disse...

frog,

Acreditas q sei?
Do q conheço das tuas escritas, sei q sentiste este texto pois podias ter sido tu a escrevê-lo :)

beijinho

Cris disse...

Micas,

E eu gosto sempre tanto de te ter cá... :)

beijinho