sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Para além de mim...

Escrevo e nunca escrevo porque está na ausência das linhas o que de mais bonito te digo.É nas palavras que não profiro que a verdade cresce e me alaga... e é por isso que tantas vezes permaneço por trás do que te digo sem que os meus lábios esbocem o menor movimento...E tu já sabes de cor o meu sorriso, e sabes ler as palavras que não escrevo e ouvir as que não digo... porque tu sabes alongar-te para além do teu corpo e chamar-me nos veios de luz para além do espaço...E eu, ainda que aparentemente imóvel, estremeço quando me adentras no silêncio da noite em que não estás... mas q eu sei sentir!
E sorrio-te simplesmente...


Cris (Dos meus lábios nasce a noite)

24 comentários:

Mitsou disse...

Bem hajas, amiga, por escreveres sobre o amor. Assim, com tanta beleza. Adorei. Bom fds e bjs mil :)

Vera Cymbron disse...

Cheguei aqui por curiosidade e fiquei muito espantada com a qualidade da escrita.
Jinhos

Fernando B. disse...

Silêncios de Amor no perfume dos teus olhos, exprimem a beleza dos sentimentos, que as palavras de um momento, poderiam adulterar.

Até breve querida Sonhadora.

Fraternos Beijos,

Anónimo disse...

À tua citação - (Sou alguém que passa perfeitamente despercebida no meio da multidão... sou apenas eu!) escrevi um poema no livro que publiquei e concerteza te irias identificar com ele. Parabens pelo seu blog.

Maria disse...

À tua citação - (Sou alguém que passa perfeitamente despercebida no meio da multidão... sou apenas eu!) escrevi um poema no livro que publiquei e concerteza te irias identificar com ele. Parabens pelo seu blog.

Reporter disse...

Não conhecia este blogue. Através do "Fraternidade" do Amigo Fernando, vim cá ter.
Gostei. Bela presença. Voltarei. Isto é, fico por cá. Os "favoritos" servem para isso mesmo.
Mais tarde, com a devida vénia, colocarei o seu link no meu blogue. Pode ser?
Cumprimentos.

Mar Revolto disse...

Por um erro de endereço vim cá parar e em boa hora errei, porque encontrei um espaço carregado de sensibilidade...Parabéns!
Voltarei por certo!
Um beijo

AS disse...

...dos teus lábios nasce a noite... das tuas palavras nasce a poesia!...

Um beijo grande

Margem... disse...

Cris, obrigada pela visita ao Margens. Parabéns por este teu espaço, encantou-me. Transborda sensibilidade e beleza! Continuação de um excelente fim de semana. Beijos

BlueShell disse...

Simplesmente...perfeito. Não é o que se diz, ou se escreve o que é, de facto, importante: é o que o OUTRO SABE QUE SENTIMOS!!!
Uma boa semana.
Beijos mil, BShell

Cris disse...

Beijinho grande Mitsou... Obrigada! são tão doces sempre as tuas palavras.

Cris disse...

Ainda bem que vieste,Blue; e me ensinaste tb o caminho para o teu canto de que gostei tanto! Obrigada!
Beijinho

Cris disse...

Fernando, a delicadeza das tuas palavras revela a nobreza do teu carácter. Bem-hajas!
Beijinho, Vendedor de Sonhos!

Cris disse...

Obrigada, Maria. Lerei esse livro com todo o gosto, diz-me apenas onde o posso encontrar!
É realmente uma citação que escrevi com todo o sentir pq é desta forma q gosto de ser!

Volta sempre!
Beijinho

Cris disse...

Claro que pode,reporter. Fico muito contente com isso.
E quanto ao ficar por aqui, espero q fiques, sim, porque os meus blogs n são apenas meus, mas de todos os q aqui vêm e gostam deles!

Um obrigada muito grande e um beijinho.

Cris disse...

Mar Revolto, ainda bem q te enganaste, que vieste e que gostaste. No fundo, O sorriso da lua é uma extensão do Sementes, que tenho no sapo, só q aqui coloco quase só prosa e lá tem mais poesia. Os dois completam-se!

Beijinho grande

Cris disse...

frog, é sempre uma delícia ler os teus comentários. Obrigada!

Um beijinho grande, tb para ti!

Cris disse...

Margem,
o teu Margens encantou-me e por isso lá voltarei sempre!
Obrigada por teres vindo e pelas tuas palavras, que me souberam tão bem!
Beijinho

Cris disse...

blueshell,
É mesmo isso... é bom qd já n são precisas as palavras e os silêncios dizem tanto...

Um beijinho doce

SENTIDOS DE MIM disse...

Acho que acabei de passar num outro espaço com a mesma sensibilidade deste e cujo nome que assina é o mesmo, ou estarei enganado? ;)
Um abraço

Cris disse...

Sentidos de mim,
Não, não te enganaste... eu sou a mesma Cris do "Sementes". Este canto é uma extensão do outro, mais virado para a prosa, apenas!

Obrigada, pelas tuas palavras e pelo carinho.
Beijinho

BlueShell disse...

Só para deixar um beijo. BShell

Cris disse...

Outro para ti, Blueshell!

Heavenlight disse...

As palavras, como diz Virgílio Ferreira, não conseguem expressar a totalidade de um sentimento verdadeiro e forte como o amor; não parecem suficientes ou tão poderosas. No entanto, as tuas palavras transbordam muitos sentimentos positivos e cheios de significado. Cada vez estou a apreciar mais este blog. Parabéns!!!