quinta-feira, março 03, 2005

Pedaços de sonho e de loucura...

Há noites em que apenas sei abraçar-te em forma de poema... como um sopro que se esvai de mim e te procura em jeito de início de madrugada...

Cada pedaço que em mim mora
é um pedaço de sonho e de loucura
que umas vezes agarro desesperadamente
para que não morra
e outras tantas finjo apenas que não vejo
para enganar o desejo
de a deixar viver...

Ainda hoje nesta hora
queria que os meus braços fossem asas
e a minha alma a Lua
e nua queria voar de mim para fora
largar de mim o que em mim mora
e nunca mais saber voltar...

Porém... ao abrir as minhas mãos
eu sei que os meus dedos não são penas
e que o meu horizonte não é a linha da ilusão
do ondular das tuas mãos quando me acenas
lá tão ao longe que apenas as consigo inventar

e...
mesmo assim
não sei e não quero aprender a viver
sem o sabor de te amar


Cris (Dos meus lábios nasce a noite...)

22 comentários:

AS disse...

Cris, todos temos um pedaço de sonho e de loucura!... Mas sempre me interogo se é a loucura que alimenta o sonho ou se o sonho nos faz enlouquecer.

Este teu lindo poema, deixa algumas pistas...

Um beijo grande

Margem... disse...

As tuas palavras transbordam amor, saudade, e a dor da ausência...
Que essa ausência morra num abraço, que esse amor se possa viver em toda a sua plenitude e partilha..
Belo Cris...
Um beijo grande para ti.

Reporter disse...

Há noites assim. Há noites que se seguem aos dias e nos consomem. Sinto-te perdida, entre o ir e o ficar. Dúvidas. Naturais no ser humano.
Viver nem sempre é fácil.
Um beijo.

pipetobacco disse...

{ ...

pranto de*[abraçar] palavras
pro[feridas], [lamentar], [queridas]
neste [silêncio] e dor [sentidas]
de [amar] e querer sempre
[presente][recordar]
© de[mente]

... }

BlueShell disse...

Cheguei agora a casa...
Jinho de boa Noite
BShell

Cris disse...

Gostava de te saber responder, frog, mas n sei. Sei apenas q um pouco de loucura adoça a vida e n acredito q haja alguém q nunca a tenha sentido de alguma forma!
Mas eu gosto assim!

Um beijinho grande

Cris disse...

margem,
Sentir a ausência é tb uma forma de amar... e eu estou certa desse abraço, desse amor e dessa partilha...

Um beijo grande

Cris disse...

repórter,
A vida se fosse sempre igual n teria sentido...
Há, sim, neste poema, o trilho entre a racionalidade e o "voar" ainda q sem asas...

Um beijo

Cris disse...

Ó tabaquinho de cachimbo este teu comentário é extraordinariamente original, mas eu gostei!

Que é a loucura senão um sair de nós próprios na tentativa de agarrar num abraço imenso tudo o q somos, amamos, lamentamos ou sonhamos?...mesmo q o façamos apenas através da palavra...

beijinho e obrigada pela tua visita. Irei visitar-te tb!

Cris disse...

Beijinho doce, blueshell...
Gosto qd vens cá...

Uther disse...

muito lindo!

um beijo ***

uther

Vera Cymbron disse...

O sabor da vida tem o aroma dos que amamos, o gosto do amor que lhes temos...
O sabor da vida é o amor que nos edifica a existência.
Jinhos, poema de lindo!

Lina (Mar Revolto) disse...

Estou de saída da blogosfera, mas não dos sitios que descobri e me fizeram repousar a vista em mundos de sonho, como este que encontrei.
Virei por cá muitas vezes.
Bom fim de semana
Beijos

lualil disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
lualil disse...

Sensibilidade em grande.. como sempre!
beijos

SaltaPocinhas disse...

Olá! Já não sei como vim cá parar, vim de link em link... O que me fez parar aqui foi o meu (também) gosto de passar despercebida por entre a multidão e o facto de seres de Aveiro. Voltarei, com certeza!

Cris disse...

uther,
Gostei muito de te ver aqui! Volta sempre!
Um beijinho

Cris disse...

blue,
Para cada texto há tantas interpretações qto o número de leitores... mas eu cada vez tenho mais a certeza q tu lês os meus textos exactamente na mesma linha em q eu os escrevo!

É bom ter-te por aqui...

Beijinho

Cris disse...

Lina,
Foi com imensa pena q percebi, já há alguns dias, que ias deixar a blogosfera. Quero q saibas q estarei sempre à espera que venhas por aqui e te sintas num lugar q tb é teu. Gosto de ti!

Um beijo mt doce

Cris disse...

lualil,
Tu sentes essa sensibilidade porque tb a tens... e eu sei q tens pq te leio sempre!

Um beijinho

Å®t_Øf_£övë disse...

Muito bonitas estas tuas palavras sob a forma de verso.
O Amor é de facto para ser celebrado.
Boa semana.
Beijos.

Cris disse...

Por isso o faço,Art, Com algum sonho e com loucura...

Obrigada pela tua visita. Um beijinho